Furão de patas pretas, uma espécie em vias de extinção, foi clonado com sucesso

Rúbrica Científica

Um furão de patas pretas, que morreu há mais de 30 anos, foi clonado utilizando células preservadas. À semelhança da Dolly, a ovelha, Elizabeth Ann é outro exemplo de um animal clonado. Esta foi a primeira vez que uma espécie nativa em vias de extinção é clonada nos Estados Unidos!

A clonagem marca um importante passo na recuperação da biodiversidade. Os furões de patas pretas, uma espécie em risco de extinção nativa do norte do continente americano, pensavam-se extintos na década de 1970, até que foi descoberta uma pequena colónia com 18 elementos, no estado de Wyoming. Estes foram integrados num programa de cativeiro e desde então os animais têm sido reintegrados na natureza.

Uma vez que todos os animais existentes desta espécie partilham a mesma árvore genealógica e que estes animais enfrentam uma ameaça continua à sua sobrevivência, a Peste Silvestre - infeção bacteriana difundida por pulgas -, tornou-se urgente induzir o aumento da diversidade genética de forma a desenvolver resistência ao agente patogénico em causa.

Para solucionar o problema, optou-se por clonar um espécime na integra, introduzindo-o posteriormente no meio selvagem. O clone foi formado a partir de uma fêmea selvagem chamada Willa, que morreu nos anos 1980, cujas células foram preservadas.

Os cientistas não preveem nenhum impasse ao introduzir os descendentes do clone, uma vez que estes vão ser acostumados e observados num ambiente fechado ao ar livre, onde mostram ter todas as capacidades necessárias para serem libertados para o meio selvagem.

O processo utilizado na sua clonagem passou por retirar óvulos de furões domésticos, maturá-los e posteriormente, retirar o núcleo e material genético dos mesmos. De seguida, foi transferido o conteúdo da célula de Willa para o seu interior, o que juntamente com um estímulo de ativação, resultaram em embriões de furão de patas pretas, gerando assim, Elizabeth Ann.

Scientific Junior Value, Generating Success!

Relacionados

Nova solução de degradação de plásticos descoberta no estômago das vacas

Rúbrica Científica
25 julho 2021

Nova terapia genética na luta contra a cegueira

Rúbrica Científica
27 junho 2021

A ciência por detrás da dor emocional

Rúbrica Científica
27 maio 2021

Depressão e envelhecimento celular: estarão relacionados?

Rúbrica Científica
25 abril 2021