2020: As incríveis descobertas científicas que passaram despercebidas durante este ano

Rúbrica Científica

Muitos foram os eventos que tornaram este ano atípico. Desde o aparecimento do novo coronavírus e consequente procura desesperada pela respetiva vacina, passando pelos protestos contra a brutalidade policial, o racismo sistémico e as eleições dos EUA, gerou-se um mar de notícias sobre os mesmos, não tendo sido dada a relevância necessária a uma série de descobertas científicas notáveis.

Desta forma, segue-se uma seleção de dez desenvolvimentos importantes que podem não ter tido o reconhecimento merecido.

1. O material mais antigo encontrado na Terra é mais antigo que o nosso sistema solar

Poeira estelar lançada no espaço, derivada de uma estrela moribunda anterior ao sol, foi datada como o material mais antigo no nosso planeta. Esta constatação foi possível devido à realização de análises de rochas antigas constituintes do meteorito que colidiu com a Terra em 1969.

2. Foram descobertos os primeiros embriões de tiranossauro

Em duas localizações distintas, descobriram-se uma garra de uma pata de tiranossauro desenterrada em 2018 e também um maxilar inferior em 1983. A sua análise revelou que estes animais nasciam com um tamanho surpreendentemente pequeno (cerca de 1m), concluindo-se, agora, que os restos mortais encontrados seriam de tiranossauros que ainda nem teriam eclodido.

3. Marte emite um zumbido estranho e os cientistas não sabem porquê

De entre muitas curiosidades derivadas do módulo de aterragem InSight, resultou um zumbido marciano, "silencioso" e constante que parece pulsar ao som dos sismos que abanam o planeta em questão.

4. O estranho comportamento da estrela Betelgeuse foi finalmente desvendado

A estrela referida seria caracterizada por um brilho intenso, o qual desvaneceu misteriosamente. Em agosto deste ano, a NASA revelou que a estrela teria "arrotado", tendo-se formado uma nuvem de poeira estelar que bloqueou a sua luz.

5. Detalhes incríveis da última refeição de um ‘dinossauro blindado’

A análise de um dinossauro blindado, com placas ósseas, escamas, entre outros, revelou que a sua última refeição teria ficado preservada no seu estômago. Determinou-se que a refeição em questão foi um tipo de feto selecionado a partir de uma variedade de plantas disponível.

6. O segundo maior surto de Ébola finalmente terminou

Com o acesso a uma nova vacina contra a doença referida e a vacinação de mais de 300.000 pessoas, foram reunidas as condições para que fosse contida a doença em Kivu, no leste da República Democrática do Congo. Importante notar que o Ébola consiste numa febre hemorrágica e numa variedade de sintomas com vários sintomas. Esta doença é transmitida pelo contacto direto com uma pessoa infetada, sangue de animal ou fluidos corporais.

7. Encontrado o crânio mais antigo de um Homo erectus

Recolhidos de rochas na África do Sul, os pedaços cranianos encontrados aparentavam pertencer a um antigo babuíno. Contudo, após os investigadores montarem as diferentes partes, perceberam que seria o primeiro crânio de um Homo erectus, datado com cerca de dois milhões de anos.

8. Vestígios do primeiro ADN de dinossauro

Ao estudar fósseis bem preservados, os investigadores descobriram contornos de células, formas de possíveis cromossomas e vários núcleos. Apesar de ainda não se ter conseguido extrair DNA de um dinossauro, esta descoberta apresenta-se como uma visão empolgante.

9. Descoberta surpreendente em caverna pode colocar a presença de humanos nas Américas há 30 mil anos

Com a recuperação de objetos de pedra no México, concluiu-se que os humanos poderiam ter chegado à América há 30.000 anos, o dobro do tempo anteriormente previsto. Estas análises revelaram que tal aconteceu antes dos glaciares começarem a derreter. Tais informais estão a gerar muita controvérsia pelo globo.

10. Um recife mais alto do que o Empire State Building

Uma equipa de investigação de cientistas australianos estaria a mapear o fundo do mar, quando descobriu um arranha-céus de corais com cerca de 500m de altura. O primeiro com estas características descoberto nos últimos 120 anos.

Scientific Junior Value, Generating Sucess!

Relacionados

Nova solução de degradação de plásticos descoberta no estômago das vacas

Rúbrica Científica
25 julho 2021

Nova terapia genética na luta contra a cegueira

Rúbrica Científica
27 junho 2021

A ciência por detrás da dor emocional

Rúbrica Científica
27 maio 2021

Depressão e envelhecimento celular: estarão relacionados?

Rúbrica Científica
25 abril 2021